segunda-feira, 18 de maio de 2009

Não sou boa ouvinte, mas sei fingir

Era mesmo bom, para variar, deixar de ouvir os "eu fui", "eu vou", "eu sou", "eu estou", "eu sinto", "eu quero", "eu comprei", "eu adoro" e que outras pessoas se lembrassem que às vezes eu também tenho coisas para dizer.
E que talvez, sei lá, lá de vez em quando, não me importaria que se interessassem pelo que tenho a dizer porque se calhar já estou farta de simplesmente ouvir, ouvir, como se a vida delas fosse o mais interessante filme jamais realizado...
Ou então não... Se calhar é por esta razão que tenho um blog...