segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Michael Crichton

O homem que fez com que eu conseguisse gostar de sci-fi (mas só a dele) faleceu.
Agora só posso reler os seus livros.

0 murmúrios: