sábado, 15 de novembro de 2008

E às vezes ser emigrante sucks

Como saio tarde do trabalho tenho que apanhar o último autocarro para casa. Nesse autocarro há um passageiro habitual que está sempre bêbedo. A sua frase preferida é "fucking cunts" e muitas vezes essa frase é dirigida a mim, acompanhado com "ruining this city", "go back to your country" e "no jobs here because of you".
Eu fingo que nao oiço mas obviamente que isto afecta uma pessoa...
Hoje a sua raiva foi dirigida a um casal africano. Disse as frases de sempre olhando para o casal e cuspiu para o chão do autocarro...


Not a good day today...

3 murmúrios:

Crest© 15 de novembro de 2008 às 03:53  

Nesse aspecto gosto dos Alemães, chamam-lhes de tudo, mas dos povos que recebem melhor os emigrantes. Eu já vivi em Londres 2 anos e sei do que falas.

O pior que podem fazer aos Ingleses é um emigrante ter uma boa posição numa empresa.

Inês 15 de novembro de 2008 às 09:28  

Os portugueses também fazem isso aos seus emigrantes... É isso que temos de perceber e fazer entender a todos que o Mundo já não tem fronteiras e que os postos de trabalho são de quem for mais competente/esforçado para os agarrar...

skunk 17 de novembro de 2008 às 22:50  

Os portugueses fazem isso aos portugueses, aos colegas de trabalho, aos amigos, aos conhecidos, etc. Maravilhas da miséria e tudo se traduz em falta de excesso, descaracterização cultural, superpopulação e ordenamento (sim, do território também). Would you bite the hand that feeds?