sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Sou tão ingénua que até dói!

Trabalhando num hotel eu deveria saber que muitas pessoas escolhem hotéis como ponto de encontro para relações extraconjugais... Mas sinceramente nem me lembro disso. Tendo isso em conta, passemos a um caso prático:
Hoje ao telefonar para um futuro hóspede para pedir alguns dados que faltavam na reserva, atende-me uma senhora que desde o início da conversa não se mostrou muito simpática...
Ora sendo eu uma pessoa muito perspicaz notei, devido às perguntas que fez, que ela não tinha nenhum conhecimento da reserva. A partir daí não dei mais nenhuma informação mas o mal já estava feito!
Temos 2 hipóteses: ou o gajo é muito querido e queria fazer uma surpresa (a qual eu encarreguei-me de estragar), ou o gajo é (mais) um (dos muitos) sacana (s) infiel (éis), e neste caso o gajo estará em maus lençóis!
Seja qual for a hipótese correcta o gajo merece porque é estúpido como uma porta: o único contacto era o telefone de casa!
Pfffff

5 murmúrios:

cipereira 22 de agosto de 2008 às 19:38  

Se for a 2ª hipótese, eu não queria estar na pele dele...

Fã de Bolo do Caco 29 de agosto de 2008 às 14:07  

Hehehehehe. Há mulheres com sorte ;)

nando 31 de agosto de 2008 às 19:54  

E como é que esta história acabou? ;)

PaLaH 31 de agosto de 2008 às 20:26  

O gajo disse que tinha sido só um enquiry e que não tinha reservado nada!
E a mulher acreditou! Povo enganado! :op
Eu cancelei a reserva...

nando 1 de setembro de 2008 às 20:28  

«E a mulher acreditou!»
Muitas vezes as pessoas preferem "acreditar"... a ter de tirar a cabeça da areia...
:|