sábado, 23 de agosto de 2008

Desperate times, desperate measures!

Ontem pela primeira vez em pr'aí 20 anos comprei e usei:




um biquíni!


Obviamente que não o usei na praia (a mais próxima fica a 3h de carro)

Fartei-me de, ao experimentar roupas nas lojas com aquelas lindas luzes e espelhos que mostram o meu corpito de 3 ângulos diferentes, só conseguir reparar na minha pele alvíssima. Eu juro que nos meus braços, peito, barriga, pernas e pés (!) corre sangue azul*, toda eu sou veias e é tão visível a olho nu que é assustador, quase tão assustador como a celulite!


Então para grandes males, grandes remédios:

Sun bed! (Estou pouco me lixando com cancro de pele, I'm gonna die anyway)


Usei o mini-biquíni para um bronzeado falso...



Agora quando estiver no msn já não preciso de culpar a webcam pela minha brancura.



*antigamente os membros do povo que trabalhavam no campo de sol a sol, sujeitos às intempéries, eram morenos, enquanto os nobres tinham peles alvas por raramente apanharem sol. Numa pele branca as veias sobressaem parecendo azuis, daí a expressão sangue azul! Achei esta explicação muito interessante, sempre aprendi alguma coisa em aulas de história.

3 murmúrios:

eremita 24 de agosto de 2008 às 00:21  

Olha, e eu sempre aprendo alguma coisa com o teu blog. Não fazia ideia que "sangue azul" tinha essa explicação.

Ah, o olho claro ali no perfil não engana.
Bem-vinda à team, copinho de leite ;)

Rui 26 de agosto de 2008 às 21:23  

Em 20 anos?!! Como é que isso é possível!

PaLaH 26 de agosto de 2008 às 21:36  

Rui: A pessoa não estima ver o corpito num biquíni...