terça-feira, 24 de junho de 2008

Comme il faut

à la carte
tarte tatin
crème brûlée
crème fraîche
croissant
Moët et Chandon
pain au chocolat
petit-four
Pierre Henri
Veuve Clicquot
vol-au-vent


São palavras que uso praticamente todos os dias e quando o faço, uso sempre a pronúncia francesa (call me snob)... Já aconteceu imensas vezes, especialmente com o meu colega indiano, ter que repetir a palavra e mesmo assim não ser entendida, tendo que dizê-la da maneira que os Ingleses dizem, o que fica simplesmente horroroso! Sim, sou snob. Não tenho culpa de ter uma pronúncia francesa perfeita (também podem chamar-me convencida).

0 murmúrios: