domingo, 10 de fevereiro de 2008

3 dias e tantas experiências

Um dos posts que queria escrever sobre o meu antigo trabalho (hehe), era sobre as pessoas que lá trabalham:
- um rapazinho chamado Miles Peacock (sou só eu que acho o nome muito engraçado?),
- dezenas de indianos a quem não podemos sorrir porque interpretam o sorriso como um convite para fuck, depois falam entre si em indiano sobre a puta que eu devo ser só porque sorri,
- um afegão que me perguntou se eu tinha namorado, respondi que não tinha e não queria porque os homens só dão problemas e ele pergunta logo: you like women? As mulheres também só dão problemas,
- um português que me ajudou imenso mas que só tinha um dentinho na boca toda (dentinho esse muito preto!),
- outro português, chefe, uma simpatia, mas que me despediu, just doing his job,
- uma moçambicana com cara de indiana,
- uma checa, que era um alto coirão,
- dezenas de polacos, um deles não falava nada de inglês,
- e por último um polaco que me ofereceu boleia mas claro que com segundas intenções (obviamente que recusei).
Verdadeiramente um melting pot.

0 murmúrios: