quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Nora Roberts


Sim, eu admito que leio coisitas light (demasiado light) como Nora Roberts (que na minha opinião não é mais do que a Barbara Cartland da actualidade). E o que é ainda mais vergonhoso já li imensos livros desta senhora. Leio este tipo de livros quando estou farta daqueles que me fazem pensar muito. Nestes, "what you read, is what you get", não há nenhum significado obscuro oculto em cada frase.

E o último que li é o melhor deles todos. Homeport (em português A Dama Negra) é um livro que eu não me importo de dizer que li, porque tem uma boa história, porque não é só romance lamechas do princípio ao fim (como normalmente), porque tem mistério e porque afasta-se completamente do que Nora RoBerts costuma escrever (não deixando de ser light, comme il fault!)

0 murmúrios: